fanzines de banda desenhada

sexta-feira, novembro 03, 2006

Doczine (Vol. 2 - 2ª edição em fanálbum) - Out. 06

Capa da autoria de Andreia Rechena

Este número (o 2º do título) do fanzine Doczine é totalmente preenchido com a novela gráfica Windigo, da autoria (argumento e desenho) de José Lopes.
Trata-se de uma obra de excelente qualidade onde ressalta o talento do editautor, quer na faceta de ilustrador, quer na de ficcionista.
Um aspecto que se pressente em todas as obras, já publicadas, deste autor, é o seu eminente carácter autobiográfico.
Falo com conhecimento de causa, visto que fui eu o seu primeiro editor (faneditor, se quiser ser rigoroso na definição), além de, até agora, ter sido eu a editar quase tudo o que realizou.
Com efeito, a ainda relativamente curta bibliografia de José Lopes inclui:

1.As Aventuras de Alexander Search - O Arquitecto (Ag. 97)
2.Tales of tomorrow - Lembra-te de mim (Nov. 01)
3.Há uma luz que nunca se apaga (Fev. 02)
4.Uma mosca presa nas teias de um sonho (Out. 04)
5.Há alguém lá em cima que gosta de mim (Set. 05)
6.A queda (Jan. 06)

É com algum sentido de ter contribuído para o aparecimento deste novo valor da Banda Desenhada portuguesa que acrescento ter sido eu a editar as cinco primeiras obras constantes desta lista: "As aventuras de Alexander Search - O Arquitecto" preencheu o número um do meu fanzine Ad Hoc; "Tales of tomorrow - Lembra-te de mim", "Uma mosca presa nas teias de um sonho" e "Há alguém lá em cima que gosta de mim" foram as três bedês publicadas no meu fanzine Tertúlia BDzine.
Até há um pormenor curioso em relação à bd "Uma mosca presa nas teias de um sonho": ela foi a resposta ao desafio que fiz ao José Lopes (que gosta de desenhar cenas eróticas) de fazer uma banda desenhada para o seguinte tema que eu acabava de imaginar, intitulado "Tudo o que sempre quis saber sobre a vida sexual dos super-heróis e nunca lhe tinham mostrado".
A resposta, em texto e imagem, do jovem autor, dificilmente poderia ter sido mais convincente.

Prancha inicial da banda desenhada Windigo, da autoria (argumento e desenho) de José Lopes
--------------------------------------------
Doczine - vol. 2
2ª edição em fanálbum
Outubro 2006
Capa e contracapa a cores, miolo (72 páginas) a preto e branco
Tiragem: 100 exemplares
Editor:
José Lopes
Apartado 19004
1991-901 Lisboa

3 Comentários:

Às 7:25 da tarde , Anonymous Santos Costa disse...

Que nunca descanses, Lino, a encontrar talentos deste quilate!
Gosto do traço, apenas no vislumbre da obra através desta página reproduzida. É um talento que exige editor.
Se puderes, diz-me onde poderei encontrar este DocZine.

 
Às 5:35 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

ena!
ainda bem que o José Lopes sempre foi em frente na reedição melhorada deste Windigo!
sempre gostei muito do trabalho dele e foi com muito gosto que contribui com as ilustrações da capa;)
e olá Lino!
se amanhã já estiver melhor d gripe passo pela tertulia..!

 
Às 3:03 da tarde , Blogger Geraldes Lino disse...

Olá Costa
Pela minha parte já editei o José Lopes em vários fanzines e um fanálbum, além de lhe ter dado oportunidade de colaborar no semanário Mundo Universitário, cujo página de BD coordeno.
Aliás, fui o primeiro editor (mais propriamente, faneditor)a divulgar o jovem autor José Lopes, a quem entrevistei para o nº 1 do meu fanzine Ad Hoc (a primeira entrevista que alguém lhe fez).

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial