fanzines de banda desenhada

domingo, setembro 21, 2014

Fanzine Biográfico








Na minha vasta colecção de fanzines de banda desenhada (de BD, com BD, sobre BD, as três áreas abrangidas) são praticamente inexistentes fanzines biográficos, totalmente dedicados a um único autor.

Mas este "A Banda Desenhada na Obra de Carlos Botelho" é um exemplo bem representativo do género, visto dedicar-se na íntegra a Botelho, geralmente considerado um dos mais importantes pintores portugueses do século XX, que se tornou conhecido como "Pintor de Lisboa",  pelo facto de parte substancial da sua obra pictórica ter por musa inspiradora a sua cidade natal, a Mui Nobre e Sempre Leal Cidade de Lisboa.

Claro que se o zine em apreço faz parte da minha colecção de fanzines de banda desenhada é porque, de facto, Carlos Botelho foi também um autor de BD, por sinal bastante talentoso, cuja obra está essencialmente representada na revista ABC-Zinho (1921-1929), na qual colaborou com intensidade entre 1926 e 1929, quase sempre com duas séries de BD, uma na página inicial outra na última. Nas bandas desenhadas "As Estupendas Aventuras de Pirilau Que Vendia Balões" e "A Grande Fita Americana" teve o arquitecto Cottinelli Telmo como autor dos argumentos, visto que tinha sido este o criador original das duas séries na revista ABC.

Ainda coincidindo com esta colaboração, Botelho começa a elaborar uma crónica semanal no género de figuração narrativa, em jeito de análise à vida social, intitulada "Ecos da Semana", para o semanário Sempre Fixe, colaboração que mantém com regularidade entre 1928 e 1950.

O fanzine sob análise é, como se depreende, totalmente dedicado à extensa componente de BD de tão multifacetado artista (pintor, banda-desenhista e músico), e foi elaborado por Machado-Dias - autor de BD, bloguista (blogue Kuentro) e editor, com a colaboração de Clara Botelho, arquitecta e professora, neta de Carlos Botelho -, aquando da homenagem póstuma ao artista, na sua faceta de autor de BD, prestada pela Tertúlia BD de Lisboa em Julho de 2003.

O fanzine, que constitui número único, foi editado com o intuito exclusivo de ser oferecido aos tertulianos presentes naquele encontro da TBDL, sendo por conseguinte uma raridade fanzinística. 

---------------------------------------------------------

BOTELHO


Síntese biográfica (apenas incidindo sobre BD)


Carlos Nunes Botelho (Carlos Botelho na Pintura, Botelho na BD) nasceu em Lisboa a 18 de Setembro de 1899, e na mesma cidade faleceu a 18 de Agosto de 1982.
Frequentou o Liceu Pedro Nunes, estudou música em geral e violino em particular, foi aluno da Escola de Belas Artes de Lisboa.


No que se refere à BD, iniciou-se em 1926 no semanário infantil ABCzinho, colaboração que manteve até finais de 1929, e onde se incluem várias bandas desenhadas, designadamente "As Aventuras de Zabumba, Bumba e Zaranza", "O Terror do Ring", "O Zuncha, Artista de Circo", entre outras.
Nas séries "As Estupendas Aventuras de Pirilau Que Vendia Balões" e "A Grande Fita Americana", de que desenhou novas versões das que tinham sido feitas originalmente pelo arquitecto Cottinelli Telmo na revista ABC, pode dizer-se que foi este o autor dos argumentos.

Foi autor de uma crónica humorística semanal, em género de BD, intitulada "Ecos da Semana", no semanário Sempre Fixe, entre 1928 e 1950.
------------------------------------------------------
Ficha técnica
Título: A Banda Desenhada na Obra de Carlos Botelho
Edição única
Tiragem: [30 exemplares]
Data: 1 de Julho de 2003
Formato: 17x26cm
26 páginas, mais capa e contracapa em papel de maior gramagem
Editor: J. Machado-Dias, com a colaboração de Clara Viana Botelho
[Malveira da Serra - Cascais]

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial